Principios

Em 1995, a ACI (Aliança Cooperativa Internacional), no congresso comemorativo de seus 100 anos de existência, aprovou a atualização e aperfeiçoamento dos princípios cooperativistas, que ficaram pouco diferentes daqueles apresentados pelos pioneiros de Rochdale. Desse modo, os atuais princípios são:

1 - Adesão Voluntária e Livre - As cooperativas são organizações abertas à participação de todos, sem discriminação de sexo, raça, classe social, opção política ou religiosa.

2 - Gestão Democrática - As cooperativas são organizações democráticas controladas pelos cooperados. Cada membro tem direito a voto, independente do número de cotas.

3 - Participação Econômica dos Membros - Corresponde à contribuição dos cooperados para o capital das cooperativas, sendo este controlado de acordo com decisão tomada em assembléia.

4 - Autonomia e Independência - A cooperativa é uma empresa autônoma controlada pelos cooperados, que são os seus donos. Qualquer acordo firmado com outras organizações deverá satisfazer esta condição.

5 - Educação, Formação e Informação - É objetivo da cooperativa destinar recursos para a educação e formação dos seus membros e informar ao público em geral sobre as vantagens da cooperação.

6 - Intercooperação - As cooperativas devem menter intercâmbio entre si, em nível local, regional, nacional e internacional.

7 - Interesse pela Comunidade - As cooperativas trabalham para o bem-estar da comunidade, através de projetos aprovados por seus membros.