COOPANEST-MG

Blog

Relevância das negociações para a Coopanest-MG

Força para manter canais de diálogo abertos com as operadoras vem dos cooperados

Além de realizar os processos de faturamento, repasses e glosas para seus cooperados, a Coopanest-MG também é responsável por, anualmente, negociar os reajustes dos anestesiologistas junto às operadoras. Essa é uma questão complexa, que ganha força graças ao poder coletivo da Cooperativa. Mas você sabe como ele funciona na prática?

O primeiro ponto é entender que, como em qualquer negociação, existem dois lados defendendo seus interesses. No caso da Coopanest-MG, a equipe busca melhorar os honorários a serem pagos aos anestesistas. As operadoras, por sua vez, tentam reduzir seus custos operacionais. A partir dessa premissa, há um intenso diálogo para chegar a uma decisão que atenda a ambos. O tempo para isso varia de operadora para operadora, mas a média estabelecida pela Agência Nacional de Saúde (ANS) é de 90 dias antes da data de aplicação.

O contato e a negociação com as operadoras não foram interrompidos durante a pandemia – embora tenham se tornado mais complexos. Os funcionários das operadoras migraram para o trabalho remoto e o contato, que, por vezes, já era difícil de ser estabelecido, se tornou ainda mais complicado. 

Em algumas situações, a Cooperativa não obtinha retorno ou as respostas só eram recebidas após muito tempo, via e-mail. Dessa forma, foi necessário realizar um trabalho para acionar as pessoas certas dentro das operadoras, a fim de obter retorno em relação aos reajustes em um prazo considerável.

Após este contato ser estabelecido, a Coopanest-MG passou a discutir um denominador comum junto à operadora do percentual a ser aplicado. Esses números são baseados em referências de mercado, como o Índice de Preços ao Consumidor (IPCA), mas, com a inflação em alta e as operadoras tendendo a rebaixar os pagamentos, a Cooperativa atuou para elevar e valorizar o trabalho dos cooperados.

Com tantos desafios, a Coopanest-MG trabalhou para que o honorário médico não sofresse queda ou fosse desvalorizado nos últimos dois anos e obteve sucesso: todos os anestesistas cooperados tiveram reajuste dentro da média ou acima dela.

A equipe interna também se dedicou a negociações relacionadas aos atrasos de pagamento de contas das operadoras com um contato frequente com operadoras e cooperados, todos tiveram ciência dos passos e atividades que estavam sendo dados para o recebimento dessas glosas em atraso.

Com clareza e objetividade, a Coopanest-MG segue melhorando seus processos para que todos recebam o que têm direito no menor prazo. As ações são realizadas com transparência e podem ser verificadas dentro do demonstrativo de pagamento disponibilizado pela Cooperativa.

Notícias relacionadas Artigos relacionados

Repasse dos honorários em janeiro

Atenção, cooperado! Os repasses dos honorários em janeiro acontecem nos dias 11, 21 e 28 do mesmo mês.

Recuperação de glosas garante bons resultados na pandemia

Coopanest-MG dribla restrição à realização de cirurgias eletivas e regulariza casos pendentes A análise de glosas não costuma ser vista…