COOPANEST-MG

Blog

Como fazer a cobrança de procedimentos não autorizados

.

Diversas situações podem acarretar a realização de procedimentos cirúrgicos que não tenham sido autorizados previamente pelas operadoras. Nesses casos, é preciso ficar atento: o processo de cobrança/faturamento é diferenciado, já que a autorização prévia é uma exigência dos convênios.

.

Veja essas dicas de como minimizar glosas por problemas na autorização:

.

  • Certifique-se de que o procedimento cirúrgico, exame ou consulta está autorizado;
  • Observe se o código inserido no ágil é o mesmo que está autorizado/auditado;
  • Em casos de divergência no código, esclareça junto ao setor de guias do hospital/clinica antes de enviar a conta para a Coopanest-MG;
  • Envie sempre a guia de autorização junto com o boletim da Coopanest-MG;
  • Verifique se houve alteração na senha de autorização e certifique se a senha enviada para a Coopanest-MG é a correta.

.

Muito importante

Algumas operadoras, por seu processo interno, permitem o envio do faturamento de procedimentos que não tenham sido autorizados previamente. Nesses casos, haverá uma análise minuciosa da conta. Por isso é preciso reunir todos os documentos comprobatórios da realização, tais como boletins, descrições cirúrgicas e relatórios médicos emitidos pelo anestesiologista.

Artigos relacionados

Assembleia Geral Ordinária da Coopanest MG

A Assembleia Geral Ordinária da Coopanest MG será no dia 17 de março, com última chamada às 19 horas, e…

Repasse dos honorários em março

Atenção, cooperado! Os repasses dos honorários em fevereiro acontecem nos dias 10, 21 e 30 do mesmo mês.