COOPANEST-MG

Blog

Porque fazer parte de uma cooperativa?

.

.

Unir forças para atingir objetivos traçados, de forma sustentável e pensando no bem-estar coletivo. Esse é o princípio do cooperativismo, um modelo de negócios considerado uma alternativa mais democrática às atuais formas de governança. Mais do que isso, é uma filosofia de vida que visa à construção de um mundo com oportunidades justas para todos. E uma forma de unir desenvolvimento econômico e social, aliando produtividade e sustentabilidade.

.

De acordo com a Organização das Cooperativas Brasileiras, o Brasil registrava quase 7 mil cooperativas em 2018, que reuniam 14,6 milhões de pessoas e geravam 425,3 mil empregos diretos – número 17,8% superior ao contabilizado há quatro anos. O crescimento se justifica em razão das diversas vantagens de se fazer parte de uma cooperativa. Confira algumas delas:

.

  1. Você é o dono: em uma cooperativa, as pessoas não são apenas clientes de um serviço. A gestão precisa ser democrática e transparente, tendo na Assembleia Geral o órgão soberano.É nela que são tomadas as principais decisões – como a eleição da diretoria e dos conselheiros – e todos os cooperados têm direito a voto (individualmente ou por representação). Ou seja, são responsáveis diretos pelo futuro da organização.
  2. Poder de negociação: seja qual for o objetivo da cooperativa, ela só tem a ganhar com a reunião de diversas pessoas em torno de um único fim. Em razão do volume de cooperados, é mais fácil negociar com fornecedores e parceiros e obter descontos únicos.
  3. Sem fins lucrativos: como não há uma busca desenfreada pelo lucro, o crescimento de uma cooperativa é mais sustentável. E, caso a arrecadação seja maior do que os gastos previstos, algumas ainda distribuem parte dos resultados aos cooperados.
  4. Benefícios para a comunidade: um dos sete princípios do cooperativismo é a preocupação com o desenvolvimento das comunidades. Está na essência de uma cooperativa vincular-se às pessoas ao redor, conduzindo-as a um crescimento sustentável.

.

No caso da Coopanest-MG, o principal benefício para os cooperados deriva das negociações com os convênios. “A força de uma cooperativa depende diretamente do número de cooperados e da capacidade que ela tem para aglutiná-los. Se quisesse negociar individualmente, o profissional teria que falar com cerca de 70 convênios. Quando se negocia em grupo, as condições ficam melhores e o processo mais simplificado. A ideia é essa, nos juntarmos para ser mais fortes”, explica Rômulo Pinheiro, presidente da Coopanest-MG.

Artigos relacionados

Assembleia Geral Ordinária da Coopanest MG

A Assembleia Geral Ordinária da Coopanest MG será no dia 17 de março, com última chamada às 19 horas, e…

Repasse dos honorários em março

Atenção, cooperado! Os repasses dos honorários em fevereiro acontecem nos dias 10, 21 e 30 do mesmo mês.